Em breve: Baixe o nosso aplicativo na Play Store e fique por dentro das novidades.

Verdades essenciais para os dias atuais

Verdades essenciais para os dias atuais

Romanos 13.11-12 – (11) E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé. (12) A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz. 

Introdução: Nunca se viveu dias tão difíceis. Em relação aos últimos dias a bíblia diz:

  1. Sobrevirão tempos 2 Timóteo 3.1
  2. Surgirão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, 2 Pedro 3.3

Nunca se viveu dias como os nossos:

1 Timóteo 4:1-2 – (1) Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; (2) Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;

Ainda bem que:

  1. Joel 2:28 – E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne – – Atos 2.17a- E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne;

Verdades: 

I – Conhecendo o tempo;

a) Paulo estava dizendo: Sei o que está acontecendo e porque está acontecendo.

b) 2 Tessalonicenses 2.7, 8 – (7) Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora o retém até que do meio seja tirado;(8) E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;

c) É muito importante que saibamos quem está por trás das atrocidades que vemos no mundo.

d) 2 Coríntios 4.4Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.

II – Já é hora de despertarmos do sono;

Ilustração: Um homem foi a uma tourada. No final da apresentação resolveu olhar os touros mais de perto, dirigiu-se então para o local onde eles estavam presos. Ao se aproximar de um touro percebeu que ele estava preso por uma corda muito fina e, que facilmente poderia ser rompida pelo touro. Naquele momento, pensou o homem, se o touro arrebentar a corda com certeza ele irá me atacar, desesperado ele procurou se retirar do lugar. Quando saía rapidamente encontrou um senhor que cuidava dos touros.

– O que houve meu jovem? – Perguntou o senhor.

– Este touro está preso por uma fina corda e se fugir irá nos matar

– Respondeu angustiado.

– Calma meu jovem – disse o velho com um sorriso no rosto – O touro não arrebenta a corda porque ele não sabe a força que tem.

a) Na bíblia está escrito: 2 Pedro 2:18-19 – (18) Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, e com dissoluções, aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro, (19) Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.

b) Se estamos sendo vencido pelo pecado, somos servos do pecado.

c) Enquanto nós não despertamos para esta realidade, seremos escravos do pecado e do mundo…

d) Quando estamos dormindo perdemos totalmente a percepção do que acontece à sua volta.

III – A nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé;

  1. Hebreus 9.27 – (27) E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, (28) assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.
  2. Ou Jesus vem ao nosso encontro com o advento do arrebatamento ou nós o encontraremos com Ele com a nossa morte.
  3. Lembrando que o tempo “cronos” o tempo medido pelo relógio ou pelo calendário – é uma realidade em relação aos seres humanos o tempo de Deus é Kairós (o tempo é favor de Deus, é dom que o Senhor nos dá para vivermos o seu projeto e assumirmos a missão que Ele nos confia)

IV – Rejeitar as obras das trevas (Rejeitemos, pois, as obras das trevas); e

Efésios 5:11-14 – (11) E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. (12) Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe. (13) Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta. (14) Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

Obras das trevas– São todas as coisas, ações, atitudes e comportamentos, que Deus não aprova e os que remem ao senhor não praticam.

Uma pequena lista:

1.  Mentira; Traição; Engano; Fornicação; Adultério; Fofoca e etc.

2.  Provérbios 6:16Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina:

a) Olhos altivos;

b) Língua mentirosa;

c) Mãos que derramam sangue inocente;

d) O coração que maquina pensamentos perversos;

e) Pés que se apressam a correr para o mal;

f) A testemunha falsa que profere mentiras; e

g) O que semeia contendas entre irmãos.

IV – Se vestir das armas da luz – (Vistamo-nos das armas da luz).

2 Coríntios 10.4Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;

Fortaleza:

  • Um sinónimo de força ou vigor:
  • Um recinto fortificado preparado para resistir a potenciais ataques ou invasões.
  • Uma edificação militar construída para funcionar como defesa em tempos de guerra. 

Efésios 6.10-18 – (10) No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. (11) Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. (12) Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. (13) Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. (14) Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; (15) E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; (16) Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. (17) Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; (18) Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,

 Armas de defesa:
1. Cingidos (cinto) os vossos lombos com a verdade,
2. Vestida a couraça da justiça;
3. Calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
4. O escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
5. O capacete da salvação, e

———————————————————————————————————————————-

Armas de ataque:
1. A espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
Obs. Não se ganha a guerra só se defendendo temos que atacar e isso só se faz com a Palavra.

———————————————————————————————————————————-

Dois louvores que falam de entrar no terreno (fortaleza) do inimigo:

Eu fui no terreno do inimigo
Ronaldo Bezerra
Tom: D

Eu fui no terreno do inimigo e eu
Tomei tudo o que me roubou (x3)
Mas eu fui no terreno do inimigo e eu
Tomei tudo o que me roubou

Debaixo do meu pé (x6)
Satanás debaixo do meu pé

‘cê pode crer no que o Senhor já fez por mim? (x2)

Curou, limpou, transformou minha vida!
Colocou meus pés na rocha firme

‘ cê pode crer no que o Senhor já fez por mim!

Veja o que Jesus fez!

———————————————————————————————————————————-
Tempo de Guerra
Comunidade Evangélica Vila da Penha
Tom: F

Guerra que Cristo é nosso General, guerra que Cristo é nosso General.
Venceu o exército inimigo por nós. (2 x)

Então não devemos nos intimidar, nem nos amedrontar.
Nem baixar nossas armas espirituais, que servem para destruir os dardos de satanás.

Nossa guerra não é contra homem algum, nem contra carne ou sangue,
Mas é contra o diabo e todos seus anjos, que operam, nas regiões celestiais.

O nosso General é valente, varão de guerra, leão de Judá.
Com Ele entraremos no forte do inimigo e livraremos os cativos de lá. (2x)

———————————————————————————————————————————-

Importante! Romanos 13.12b – Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz, 

Os verbos em relação as obras das trevas, e as armas da luz são distintos, a saber:

Obras das trevas: rejeitar As armas da luz: vestir
Quem rejeita diz não quero Quem se veste diz é esse que eu quero
Não Sim
Resisti Se rende
Não se deixa envolver Se envolve totalmente
Se não fizer nada já está envolvido. Se não quiser continua despido.

Conclusão: “Envolvemo-nos com a obra de Deus para não sermos envolvidos pelo mundo”.

Pastor Oziel Nascimento

Em 05 de abril de 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...